Notícias

Os principais e melhores países para exportar alimentos orgânicos

Os orgânicos estão em ascensão no mercado internacional, pois acompanham o aumento da demanda por produtos produzidos de forma natural e com respeito à natureza. Ao contrário do que ainda ocorre no Brasil, eles são extremamente valorizados pelos estrangeiros. Mas nós já podemos celebrar, pois essa visão também está mudando no Brasil e, com o passar do tempo, os produtos orgânicos estão cada vez mais conquistando o seu espaço no mercado nacional. Os produtores brasileiros, portanto, podem aproveitar esse fato como uma forma de expandir os negócios e aumentar a renda. Confira quais são os principais e melhores países para exportar alimentos orgânicos, entre outras curiosidades interessantes sobre o setor:

VOCÊ SABIA?

Dados interessantes para quem pensa em vender para o exterior
  • O mercado de produtos orgânicos movimenta o mundo com 81,6 bilhões de dólares.

Por país:

  • Estados Unidos: 39.7 bilhões de dólares (47%)
  • Alemanha: 9.5 bilhões de dólares (11%)
  • França: 6.1 bilhões de dólares (7%)

Por região:

  • América do Norte: 51%
  • Europa: 39%
  • Ásia: 8%
  • Oceania: 2%
  • Outros: 0.1%
  • Existem mais de 170 países com atividades orgânicas.
  • Principais produtos orgânicos brasileiros exportados: açúcar, castanhas, frutas e seus derivados.
  • O Brasil exporta produtos orgânicos para mais de 50 países.
  • Principal destino: Estados Unidos (mais há espaço para crescer em exportação para a Europa, China, Oriente Médio e Ásia).
  • Países que registraram maior crescimento no mercado de orgânicos:
  • Espanha: 25%
  • Irlanda: 23%
  • Suécia: 20%
  • Consumo per capita (mundo): 11.1 dólares

Por país:

  • Suíça: 291 dólares (1º)
  • Dinamarca: 212 dólares (2º)
  • Suécia: 196 dólares (3º)

E como o produtor brasileiro pode entrar nesse circuito?

Primeiro, ele precisa estar pronto para dar esse grande passo. É necessário ter uma empresa consolidada e produção consistente para que o negócio não quebre. Requer comprometimento e muita determinação para conquistar o mercado exterior.

Além disso, é obrigatório que os produtos para exportação tenham selos e certificações de qualidade tanto para venda nacional quanto para internacional, que exige padrões orgânicos específicos.

Ok, você tem tudo isso, e depois? Invista na aparência dele com embalagens diferentes, chamativas, e ações de marketing para dar visibilidade à sua empresa.

Por fim, seja um associado da Organics Brasil e aproveite o apoio dado pela nossa equipe a você, produtor, para que participe, consiga contatos excelentes e represente o Brasil nas maiores feiras de orgânicos do mundo.