Imprensa

Painel Conferência Biofach 2016

Organics Brasil participou da Conferência Biofach 2016 que discute o futuro do mercado mundial de orgânicos.

O coordenador executivo do Projeto Organics Brasil, Ming Liu, apresentou no dia 11 de fevereiro em Nuremberg na BioFach | Vivaness 2016 o painel “Tendências e Notícias dos mercados orgânicos do Brasil e dos Estados Unidos”, ilustrando quais os potenciais do país e os produtos da nossa diversidade.

“Um dado muito positivo é que nos Estados Unidos, maior mercado mundial de orgânicos, 75% da população consomem algum produto orgânico. Aumenta a base de consumidores e as oportunidades crescem. Isso é muito bom para o Brasil”, explica Ming Liu, coordenador executivo do Projeto Organics Brasil, que há dez anos trabalha no fomento para exportação de produtos orgânicos brasileiros.

O interesse no Brasil é grande e, além do estande de exposição das empresas na Biofach, maior e mais importante feira mundial de alimentos orgânicos (Alemanha – 10 a 13 de fevereiro), no Congresso que discute as tendências e as políticas para o setor no mundo, um painel vai analisar ”Tendências e novidades dos mercados orgânicos no Brasil e nos Estados Unidos”.

Ming Liu vai apresentar os números do setor em 2015 e o desempenho das 77 exportadoras associadas ao Projeto, com as oportunidades de negócios.

“Houve uma recuperação nas exportações em relação a 2014, em consequência da desvalorização da moeda nacional tornando os produtos brasileiros mais competitivos. Para os Estados Unidos, os principais produtos exportados foram de matérias-primas semi-processadas, como: açúcar, óleos de dendê e outros óleos vegetais, castanha de caju, sucos de frutas (açaí), mel, erva-mate, outras frutas tropicais congeladas, café, preparações capilares, própolis e cachaça”.

O crescimento do mercado trouxe ao Brasil o desafio de estruturar a cadeia de orgânicos. Na BIOFACH, Ming Liu anuncia a fundação do Conselho Brasileiro da Produção Orgânica e Sustentável (ORGANIS), entidade com foco na promoção do desenvolvimento do setor primário, dos agentes das cadeias secundárias e serviços até o consumidor final. “Era necessário ter uma instituição para ser reconhecida como interlocutor legítimo de produtores, processadores, empresas e empreendedores brasileiros da cadeia de produção orgânica e sustentável”.

Congresso Biofach 2016 – Dia 11 de fevereiro – 11h  Nuremberg | Alemanha

“Tendências e noviddaes dos mercados de orgânicos no Brasil e nos Estados Unidos”